domingo, 12 de dezembro de 2010

Fala, tosse, abre, cospe...

O passageiro jogou fora o cigarro e entrou apressado no táxi. Perguntou se eu o levava até o Morro Santa Tereza por R$ 9,00. Aceitei a proposta e partimos. Ele disse que era uma vergonha um jornalista como ele ter apenas nove reais no bolso. Disse que estava atrasado para uma entrevista de emprego, que tinha pressa.
O homem falava pelos cotovelos. Via-se que estava mesmo nervoso. De tanto falar, tinha acessos de tosse. Depois de tossir, abria o vidro do táxi e cuspia para fora. Então, fechava novamente o vidro e voltava a falar feito um louco.
Contou que era repórter de TV. Disse que chegou a participar de um importante programa de notícias (apesar de eu não lembrar da sua cara). Falou que estava desempregado, que fazia apenas bicos, assessoria de imprensa a políticos - um horror, segundo ele. Depois de falar feito uma metralhadora, vinha um novo acesso de tosse. Então, abria o vidro, cuspia, fechava o vidro e voltava a falar.
Aquilo já estava afetando meu humor. Toda aquela secreção pulmonar voando pela janela, aquele abre-fecha de vidro, aquele falatório. Não via a hora de largar o tagarela relaxado. Já começava a imaginar por que ele não arrumava emprego.
Já estávamos subindo o Morro Santa Tereza quando o pior aconteceu. A mente perturbada do meu cliente acabou se atrapalhando e errando a sequência de ações. Ele primeiro tossiu, depois falou, depois cuspiu e, só então, pensou em abrir a janela, quando o catarro já escorria pelo vidro fechado. Que nojo!!
Ele puxou um lenço do bolso, passou no vidro. Esfregou a manga do paletó, passou a mão... Enquanto ele dava um jeito de limpar a cusparada, eu contava até dez, tentava controlar-me para não pular na garganta do miserável. A sorte do passageiro é que já estávamos chegando ao destino, pois minha vontade era enxotá-lo do meu táxi.
Deus há de estar vendo tudo isso e reservando-me um bom lugar no céu.

15 comentários:

Caminhante disse...

Ai, que nojo.

Vai de Táxi! disse...

hahahahahaha.

Deu pra imaginar o sujeito e seu comportamento repetitivo [Fala, tosse, abre, cospe...]

Muito bom Mauro.
Com certeza tem um lugar no céu pra você e sua paciência.

Abraços

Plinio Nunes disse...

Pigarro não é raro de ouvir no rádio ou até ver na tevê. Tosse eventualmente acontece. Mas cusparada não dá, né?

Abrs.

Anunciação disse...

Amém!Um abraço,amigo!

Nana disse...

Barbaridade...

J.Brito - Taxista disse...

"Deus há de estar vendo tudo isso e reservando-me um bom lugar no céu."

Olho para meu clientes aqui em Recife e penso da mesma forma... haja paciencia!!!

Letícia Cunha disse...

Com toda a certeza depois desse episódio seu lugar no céu está reservado!
E ainda fico imaginando o quanto a meleca - literalmente - aumentou de proporção quando ele foi tentar limpar o vidro sem água e sabão...
Parabéns!

Clarice disse...

Bons tempos os do lenço de papel no bolso!
Claro que você conhece a piada: chegava em casa, jogava o chapéu no cabide, beijava a esposa, abria a janela e jogava o toco de cigarro.
Aí, um dia...
Abraço. Palpite para o jogo de agora, lá tão longe?

Marcus disse...

Bizarro, bem punk mesmo esse cara...
Há braços!

Hidaiana Rosa disse...

HAHAHA Esses jornalistas, né?
Saudades daqui :)

Renata disse...

Meu Deus!!! Tu me deixou muito preocupada!!! Sabe... meu querido pai tem esta terrível mania, graças a Deus nunca acertou o vidro, mas agora com sua história... Ai, ai, ai!!! Que medoooo!!! rsrsrs
Abraço!

Renata disse...

Meu Deus!!! Tu me deixou muito preocupada!!! Sabe... meu querido pai tem esta terrível mania, graças a Deus nunca acertou o vidro, mas agora com sua história... Ai, ai, ai!!! Que medoooo!!! rsrsrs
Abraço!

Eliana disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhh que nojo!!!!

Tenho nojo de gente que cospe a toa!!! Tem gente que anda na rua e cospe a cada esquina que passa! Nojo demais!

Urgh!

Abraços!

Eliana disse...

Ah! Já ia me esquecendo!
Estou indo pra Porto Alegre hoje, 18/12, passar o Natal com a família do meu marido. Vou ficar até o dia 27/12. Como faço pra adquirir seu livro? Quero muito comprá-lo.
Aguardo o retorno. Se possível me envie um mail: elianachaves@gmail.com

Brigadinha!

Abraços de novo! rs

fabita . disse...

muito bom!