quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Meu amigo Suquinho


Certos colegas fazem mais falta que outros, isso é fato. Já perdi as contas de quantas histórias do Suquinho eu contei aqui no Taxitramas. Muitas.
Como se estivesse encenando seu próprio personagem, Suquinho fazia do convívio do ponto uma diversão só, com suas confusões diárias, a granel. Ele agora sai de cena, deixa o Taxitramas em apuros, vai contar suas histórias não sei aonde - divertir o pessoal lá em cima, se é que existe mesmo céu. Que vá em paz.
Deixará saudades, meu amigo Adão Edésio, o Suquinho.

12 comentários:

Ricardo Mainieri disse...

Que descanse em paz, o irmão do volante.
Mas, embora amigo, tu conseguias ser mais bonito que ele...

Ricardo Mainieri

Clarice disse...

Mauro, me faz falta o cinismo ou a sabedoria. Teu amigo deixou de trabalhar ou foi para o ponto superior?
Em qualquer da hipóteses, é bonita tua homenagem, viu?
Abraço.

CTG Raízes da Tradição disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Letícia Cunha :) disse...

Acredito que tudo o que acontece em nossa vida nos traz algum ensinamento, a partir dessa homenagem tenho certeza de que da amizade de vocês muito se pode aprender e guardar em algum "compatimento cerebral" com o título "melhores lembranças".
Dizem que a saudade só se sente de algo que foi bom, então, por que seria ela um sentimento indesejável?
Meus sentimentos pelo seu amigo...
Ao seu modo: "Há Braços!"

Diva disse...

Mauro, valeu pela homenagem ao meu padrinho, meu 2º pai.
só eu sei o quanto é dolorida essa hora, mas de acordo com minha crença, sei que ele está num lugar bem melhor agora, aprontando junto com o mano dele, o Lúcio.
Sem dor, nem tristeza, isso ficou aqui pra nós...
Valeu.
Foi por ele, que era seu fã, que virei uma fã sua também...

Abraços e uma boa noite!!!

Diva disse...

A missa de sétimo dia será domingo agora, dia 07/11, as 18 horas, na igreja São João, Na avenida Benjamin Constant, perto do bourbon...
Quem quiser ir, sinta-se convidado...

Uma boa noite a todos...

João Gilberto disse...

Vai em paz Adão Edésio, até um dia, quem sabe.

Até mais doutor Mauro, espero por mais histórias de taxistas.

Clarice disse...

Com a emenda no texto, resulta que desejo serenidade para a família e amigos e que sempre lembrem dele com carinho, como você fez aqui.
Abraço.

@amanda_arm disse...

Amém. Com certeza ele está bem, e melhor que nós.

E sobre nosso test drive na kombi, eu adorei a idéia! aihaiauhaiuha.

Precisamos marcar aquela choppada mesmo. ;)

Delafonte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Delafonte disse...

Tenho certeza que o seu amigo era um sujeito e tanto. Conheço dessas figuras que carregam consigo tesouros em forma de anedotas. São histórias pra gente contar e recontar. Mas nenhum desses que eu conheço devem ser tão bons quanto o seu amigo. Esse tal de Suquinho devia ser um anedotário ambulante mesmo

thais disse...

Quem sabe o Suquinho não aparece nas próximas histórias sinistras, que o Mauro adora contar? A diferença é que agora ele aparece como outro personagem da história.
Vá em paz, Suquinho.